Anúncios

Fique Ligado – Professores analizam a prova do ENEM 2009 que vazou, e comentam algumas questões


MATEMÁTICA E SUAS TECNOLOGIAS: Para Luis Felipe, coordenador de matemática do pH, a prova apresentou nível de dificuldade baixo, e as questões, contextualizadas, não exigiram dos candidatos conhecimentos aprofundados dos assuntos. “Podemos destacar a presença de questões envolvendo conceito de estatística, com cálculo de medianas, e moda de um conjunto de valores (questões 50 e 76)”. Ele verificou um er$na questão 79, de probabilidade. “Ela apresenta uma resposta que não aparece em nenhuma de suas alternativas, que seria 3/8”.

CIÊNCIAS DA NATUREZA E SUAS TECNOLOGIAS: Segundo Heloisa Agudo, professora de biologia do pH, era necessária a leitura de textos para resolver a maior parte das questões.”Em alguns poucos casos, era preciso saber o conteúdo isolado, como nas questões 6, 15, 20, 39 e 40″. Coordenador de interdisciplinaridade do colégio, Alcides Affonso fez uma leitura parecida das questões de química. “Havia questões simples sobre problemas ambientais, como $5, em que a leitura da tabela daria a resposta”. O professor de física do Palas, André Calvet, destacou as questões sobre transformação de energia. “A pergunta sobre potência elétrica já havia sido abordada em exames anteriores”.

CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS: Rodrigo Bueno, coordenador de história do pH, definiu a prova como sendo de “cultura e cidadania”. “Não faltaram comparações entre pinturas de diferentes escolas artísticas e foi dado destaque à cultura africana negra”. Leonardo Duarte, professor de geografia do Palas, achou a prova bem contextualizada. “As ques$ões eram sobre temas atuais, como recursos hídricos, transportes e discriminação”.

LINGUAGENS, CÓDIGOS E SUAS TECNOLOGIAS: Delnice Pereira, do Colégio Notre Dame, achou as questões objetivas no mesmo nível dos anos anteriores. “Temas como ‘Canção do exílio’ e quadrinhos da Mafalda são comuns nas avaliações”. Já em relação à redação, achou o tema capcioso. “Essa geração não está habituada a valorizar o idoso, e o tema poderia gerar dificuldade para elaborar argumentos e abordar soluções, já que o adolescente de hoje não participa de discussões sobre a terceira idade”.

Fonte: O Globo

Anúncios
Categorias: Fique Ligado! | Tags: , , , | Deixe um comentário

Navegação de Posts

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: