Anúncios

Papo Sério – Botos são alvo de matadores de aluguel na Amazônia


Essa matéria, eu peguei no Vista-se:

Usada como isca para pescar o piracatinga, peixe muito consumido na Colômbia, a carne de boto é tão procurada na Amazônia que existem matadores de aluguel contratados para caçar estes animais. O crime encomendado virou comércio para um produto de exportação.

Vídeo na Globo.com


Um pescador que prefere não se identificar diz que deixou um emprego para se tornar matador de botos. “Matamos cerca de 100 ou 200 botos por mês. Puxamos o animal para dentro da canoa e matamos com facão, cassetete, essas coisas”, diz ele.

Segundo o matador, quem contrata o serviço busca o comércio de órgãos do animal, como olhos e partes reprodutivas. A carne também é usada para pescar o piracatinga.

A preocupação com os botos da Amazônia levou o pesquisador português do Programa Botos no Pará, Antônio Migueis, a investigar o comércio do piracatinga. “O peixe vai para a Colômbia e para os Estados Unidos, onde é usado como aperitivo em restaurantes”, explica Migueis.

Já a especialista em botos do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa), Vera da Silva, estuda o animal da região de Mamirauá, no Amazonas. “Temos percebido que cada vez mais há uma diminuição do número de botos na área”, diz ela.

Com redução confirmada no número de botos e perto do maior mercado consumidor de piracatinga, a região de Mamirauá concentra os casos de matadores de aluguel para o animal. Mas denúncias do pesquisador português Antônio Migueis mostram que o mesmo problema ocorre perto de Santarém, no Pará.  “O boto sempre foi considerado importante para o folclore e para a cultura da região e agora ele está sendo utilizado como isca”, diz Vera.

Vista-se: Note como os jornalistas tratam de forma completamente diferente os termos “matador de botos” e “pescador”. Ainda há a falsa sensação de que pescadores são homens ligados à natureza, que é uma profissão bonita. Pescar nada mais é que caçar, matar e fazer sofrer, só que na água.

Fonte: Vista-se

Acho que não preciso comentar, o Fábio Chaves já disse exatamente o que eu penso.

Anúncios
Categorias: Papo Sério, Responsabilidade Ambiental, Vegetarianismo, Vida | Tags: , , , , , , | Deixe um comentário

Navegação de Posts

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: