Anúncios

Notícia – Ministério Público Federal (MPF) quer a anulação do ENEM


Não é a primeira vez que milhares de estudantes no Brasil todo sofrem constrangimentos com o ENEM, dessa vez existem suspeitas de fraude que podem cuminar no cancelamento do exame, Veja:

A acusação de fraude veio à tona mediante um possível vazamento de questões do exame para alunos do colégio Christus, em Fortaleza.O procurador da República Oscar Costa Filho soube do caso por meio de estudantes cearenses, que procuraram o MPF para denunciar o suposto vazamento da prova.

‘É necessário que se imponha, de uma vez, a constitucionalidade no Enem, o que significa o direito de candidatos que se sentirem prejudicados recorrer’, diz Costa Filho. Para ele, houve vazamento de provas do exame.

De acordo com a Polícia Federal, o caso está em fase de levantamentos prévios até que haja a confirmação de fraude. “Estamos aguardando a papelada do MEC. Por enquanto estamos fazendo o levantamento prévio do caso. Não adiantam declarações em redes sociais sobre o assunto. Temos que esperar documentação oficial”, disse ao Diário do Nordeste Online em Brasília.

O Colégio Christus, pelo Twitter, afirmou: ‘Não houve qualquer ato deliberado por parte da escola no sentido que estão dizendo’. No Facebook, postou ontem a seguinte mensagem: ‘Uma Instituição de Ensino que tenha profundo conhecimento da TRI – Teoria da Resposta ao Item – e possua vasto banco de questões fornecidas por professores, por ex-alunos e pela conversão de questões do estilo clássico para estilo ENEM poderá ter boa margem de acertos nas avaliações do ENEM e em outros vestibulares. O Colégio Christus, há vários anos, tem registrado altos índices de acertos em questões de vestibulares, o que é de conhecimento de todos’.

O procurador Oscar Costa Filho, propõe que o exame seja anulado para todos os alunos que fizeram as provas no último fim de semana, em todo o Brasil, ou que as 13 questões possivelmente vazadas sejam canceladas. Segundo ele, o órgão encaminhou esta recomendação ao MEC.

De acordo com Oscar, também foi encaminhada nesta quarta-feira ao Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) uma notificação administrativa solicitando a anulação total ou parcial da prova. O Inep tem o prazo de 48 horas para se pronunciar sobre o caso.

“Como se trata de um exame nacional não podemos aceitar que apenas os estudantes cearenses sejam prejudicados, tendo que refazer a prova”, sustenta o procurador.

A Resposta do MEC:

Segundo o assessor especial do ministro, Nunzio Briguglio Filho, o Ministério da Educação não anulará a prova do Enem 2011.  “não há motivo para prejudicar os 4 milhões de estudantes que se preparam para a prova em função de um problema localizado”.

Segundo Briguglio, a posição do MEC está em consonância com as medidas adotas em outros exames. “É assim que mundialmente é tratado esse tipo de problema”. O MEC confirma que já foi aberto um inquérito na Polícia Federal para apurar o possível vazamento das 13 questões do Enem 2011.

Nos resta aguardar novas noticias..

Anúncios
Categorias: Noticias | Tags: , , , , | Deixe um comentário

Navegação de Posts

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: